Mel & Própolis

Começa o frio, a Contraponto traz pra você formas saudáveis e sustentáveis de se prevenir dos resfriados!

Além de ser uma fonte riquíssima em proteínas, vitaminas, minerais, o cultivo de abelha pode ser um grande aliado para a preservação da natureza.
A prática da apicultura convive harmoniosamente com o meio ambiente. É uma produção limpa, sem agressões ou modificações, e ainda contribui decisivamente para a sobrevivência e a produção de alimentos, pois as abelhas são responsáveis pela reprodução de 40 a 90% dos vegetais devido ao processo de polinização.

Abelhas são exemplo do trabalho solidário
Autor de uma dissertação da USP, José Augusto Martins afirma: “As abelhas, com uma proeminente sabedoria milenar, dão ao homem um verdadeiro exemplo de trabalho comunitário e sustentável. Sem apego algum ao individualismo, pois tudo é comunitário, elas usufruem dos valores dados pela natureza e contribuem para o seu equilíbrio. Em troca de néctar das flores que a natureza lhes oferece, elas retribuem com sua ação polinizadora para multiplicar e enriquecer o reino vegetal, animal e humano com sementes e frutas”.

Os benefícios do mel
A utilização do mel na nutrição humana não deveria limitar-se apenas a sua característica adoçante, como excelente substituto do açúcar, mas principalmente por ser um alimento de alta qualidade, rico em energia e inúmeras outras substâncias benéficas ao equilíbrio dos processos biológicos de nosso corpo.
A composição exata do mel varia muito de acordo com a região e o tipo de flor. Porém, afora as especificidades, sempre podemos considera-lo fonte rica de carboidratos, sais minerais (especialmente potássio, ferro e cálcio), vitaminas do complexo B, C, E e K. Ele não precisa da adição de conservantes industriais, porque a abelha lhe adiciona ácido fórmico, um ótimo conservante, e a inibina, excelente bactericida.
Além de sua qualidade como alimento, é dotado de propriedades terapêuticas, sendo utilizado pela medicina popular sob diversas formas e associações como fitoterápicos. Dentre as inúmeras propriedades terapêuticas do mel, destacamos: energético, bactericida, antiséptico, antireumático, vasodilatador, diurético, digestivo, hiperglicêmico, tonificante, antiespasmódico, sedativo, vermífugo, etc.

Para a preservação de seu mel:

Depois de um certo tempo o mel sofre um processo natural chamado de cristalização. Caso desejar desfazer a cristalização, o mel deve ser aquecido em banho-maria, no máximo a 50 º C, para não perder suas propriedades terapêuticas.

E a própolis?

A própolis é um antibiótico natural extraído pelas abelhas dos botões das flores, brotos e cascas de árvores.
É um excelente bactericida e antibiótico, conseguindo os mesmos efeitos da penicilina, estreptomicina, terramicina e outros, porém não provoca os efeitos colaterais dos antibióticos industrializados.
Sua composição química é pouco conhecida, mas sabe-se que se compõe de 55% de substâncias resinosas, 30% de cera, 10% de outras e 5% de pólen. É rica em substâncias flavonóides, devendo a estas substâncias suas propriedades antibióticas.

Para pensar…

O mel que convencionalmente encontramos é proveniente da abelha africanizada (um cruzamento entre as abelhas africanas e italianas). Essa é a abelha ‘comum’, que encontramos na maioria dos centros urbanos – com o tempo, elas adaptaram-se perfeitamente à cidade, fazendo suas coolméias principalmente nos vãos de telhados. É uma espécie que apresenta bastante produtividade, e por isso é tanto empregada na produção de mel e própolis.
Varias abelhas nativas também produzem o mel, não na quantidade das africanizadas, mas com diversas qualidades e com um grande potencial medicinal, além de terem uma eficiência na polinização diferenciada do que na africana. As flores pequenas são polinizadas por abelhas menores, as nativas.


About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s